Fòrtis, 2019

Essa é uma pintura original. 

Detalhes:

Esmalte sobre tela
Pintado em São Paulo, SP
80x120 cm alt
Obra assinada atrás
Acompanha certificado de originalidade
Não inclui a moldura (imagens ilustrativas). 
Podemos providenciar sob encomenda: contato@mirandavivace.com.br

 

Sobre essa obra:

Aquele que traz a força. Na arte zen, o artista se coloca em um estado de concentração em si e com o universo, para naquele absoluto instante em que pinta, deixar se tornar um instrumento para que o “chi”, a força da vida para os orientais, passe pelas suas mãos e se presencie. É um anular a si mesmo e ao mesmo tempo estar totalmente presente. Enquanto geralmente queremos controlar o pincel, aqui o controle se deu apenas na faixa vermelha imponente. O dourado surgiu num golpe único e se espalhou, formando essa águia que se vira ao sol, como se fizesse reverência ao astro maior. Ambos são símbolos de força e assim surgiram nessa obra, como para nos lembrar de nossa força interior.

 

Sobre as obras:

“Minhas pinturas são inspiradas na natureza, compostas com movimentos gestuais harmônicos e livres. Cada obra é única. Eu gosto de trabalhar o jogar livre da tinta sobre a tela, inspirada na vitalidade, nas sensações e nos movimentos orgânicos de paisagens, da água, das montanhas, dos pássaros e tantos outros elementos da natureza.

Algumas imagens ou detalhes da composição das obras me aparecem em sonhos ou, por vezes, nascem livremente durante o processo da pintura. 

A minha relação com a pintura é muito corporal. Eu procuro não pensar muito e me sinto muito bem quando estou pintando. Gosto de superfícies com muita cor e trago jatos de tinta gestuais que trazem uma nova perspectiva ao olhar e ao sentir. Mas por vezes o fundo puramente branco também me atrai.

Eu busco criar imagens com equilíbrio, proporção e, principalmente, procuro trazer à tona uma imagem final com expressão de vigor, força ou suavidade. Mas de toda forma, uma imagem viva. E procuro sempre trazer um aspecto metafísico e transcendente na obra. Uma imagem que nos faça sentir a força da vida ou de si mesmos.

Para mim, o belo, a arte é vitalidade e inspiração para a vida. Procuro criar uma imagem ou experiências de arte que possam nos revigorar, nos inspirar, nos emocionar, nos motivar ao bem viver.

A arte vital nos transporta para dentro e para o melhor de si mesmos.” Carol Miranda

 

Fòrtis

R$5.500,00
Fòrtis R$5.500,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Fòrtis, 2019

Essa é uma pintura original. 

Detalhes:

Esmalte sobre tela
Pintado em São Paulo, SP
80x120 cm alt
Obra assinada atrás
Acompanha certificado de originalidade
Não inclui a moldura (imagens ilustrativas). 
Podemos providenciar sob encomenda: contato@mirandavivace.com.br

 

Sobre essa obra:

Aquele que traz a força. Na arte zen, o artista se coloca em um estado de concentração em si e com o universo, para naquele absoluto instante em que pinta, deixar se tornar um instrumento para que o “chi”, a força da vida para os orientais, passe pelas suas mãos e se presencie. É um anular a si mesmo e ao mesmo tempo estar totalmente presente. Enquanto geralmente queremos controlar o pincel, aqui o controle se deu apenas na faixa vermelha imponente. O dourado surgiu num golpe único e se espalhou, formando essa águia que se vira ao sol, como se fizesse reverência ao astro maior. Ambos são símbolos de força e assim surgiram nessa obra, como para nos lembrar de nossa força interior.

 

Sobre as obras:

“Minhas pinturas são inspiradas na natureza, compostas com movimentos gestuais harmônicos e livres. Cada obra é única. Eu gosto de trabalhar o jogar livre da tinta sobre a tela, inspirada na vitalidade, nas sensações e nos movimentos orgânicos de paisagens, da água, das montanhas, dos pássaros e tantos outros elementos da natureza.

Algumas imagens ou detalhes da composição das obras me aparecem em sonhos ou, por vezes, nascem livremente durante o processo da pintura. 

A minha relação com a pintura é muito corporal. Eu procuro não pensar muito e me sinto muito bem quando estou pintando. Gosto de superfícies com muita cor e trago jatos de tinta gestuais que trazem uma nova perspectiva ao olhar e ao sentir. Mas por vezes o fundo puramente branco também me atrai.

Eu busco criar imagens com equilíbrio, proporção e, principalmente, procuro trazer à tona uma imagem final com expressão de vigor, força ou suavidade. Mas de toda forma, uma imagem viva. E procuro sempre trazer um aspecto metafísico e transcendente na obra. Uma imagem que nos faça sentir a força da vida ou de si mesmos.

Para mim, o belo, a arte é vitalidade e inspiração para a vida. Procuro criar uma imagem ou experiências de arte que possam nos revigorar, nos inspirar, nos emocionar, nos motivar ao bem viver.

A arte vital nos transporta para dentro e para o melhor de si mesmos.” Carol Miranda